quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

LOUVE A DEUS EM TODO O TEMPO - LIÇÃO 12 MATERNAL


Texto Bíblico Atos 16.16-36

De professor para professor

Prezado professor, neste domingo as crianças terão a oportunidade singular de aprenderem que devemos louvar a Deus em todo o tempo. 

• Faça uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido. 


•  A palavra-chave da aula de hoje é “CADEIA”. Não fique assustada com a palavra. Explique para as crianças que “cadeia” representa as coisas ruins que nos acontecem, e que mesmo passando por elas devemos louvar ao Papai do céu. 
Você poderá dizer: “O Papai do céu quer que você o louve mesmo se acontecer alguma coisa muito ruim, que deixe você triste. Se você ficar doente e não puder passear, ou se o papai não puder comprar aquele brinquedo que você queria, ou se a mamãe o puser de castigo por algum motivo... mesmo assim, triste e chateado, você deve louvar ao Papai do céu”.

Para refletir

• Aprendemos, através do texto bíblico desta semana, que Paulo e Silas foram despidos, chicoteados e presos em cárcere da mais alta segurança. Apesar desta deplorável situação, eles louvaram a Deus, oraram e cantaram durante esta provação e os outros prisioneiros ouviram. Não importa qual seja a nossa situação, devemos louvar a Deus. Outros podem ir a Cristo por meio de nosso exemplo.

• Regras Práticas para os Professores 

Organização e Administração
Como organizar de maneira a tornar eficiente nosso ministério com crianças?

A organização e administração freqüentemente são áreas esquecidas do ministério com crianças. Sem administração adequada, nossos recursos, equipamentos, currículos e instalações podem ficar sem a atenção apropriada e ser obstáculos ao ministério de ensino.

Certas áreas específicas da organização têm de receber a atenção da liderança para que o ministério com criança seja eficiente:

1. Recrutamento e treinamento de professores e pais. Recrutar e treinar são processos contínuos. Os programas sempre precisam de liderança e professores. Ter pessoal adequado para cada faixa etária exige uma perspectiva própria sobre a importância do recrutamento. Nove passos podem ajudar no processo de recrutamento.

a) Todos ficam envolvidos no recrutamento.

b) Dê publicidade ao ministério educacional. Em épocas específicas do ano, a congregação deve ser informada sobre o ministério com crianças — o que este ministério está fazendo e como as pessoas podem ajudar.

c) Forneça as descrições de trabalho para cada cargo. Informar as pessoas sobre o que se espera delas, ajuda a aliviar o medo do desconhecido. Descrições de cargo servem para os obreiros identificar exigências, linhas de autoridade e a extensão de suas responsabilidades.

d) Encontrando os possíveis interessados. Compilar listas de classes de adultos e crianças pode ser o início do recrutamento. Investigações fornecem informações sobre experiências ministeriais passadas e disponibilidade e interesse atuais. 

e) Aprovando os possíveis interessados. Assim que os nomes forem escolhidos, eles devem ser levados ao corpo ministerial ou comissão da educação cristã. Primeiro aprove os nomes antes de pedir que as pessoas participem.

[...] Continua na próxima semana.

Trecho extraído de: Manual de Ensino Para o Educador Cristão. Rio de Janeiro: CPAD, 1999.

• Atividade 

Para reforçar o ensino da lição, sugerimos a seguinte atividade: Sente-se com as crianças em círculo no chão da classe. Mostre os visuais da lição. Depois faça a seguinte pergunta: “O que Paulo fez à moça (bruxa) que o seguia?”
Depois que as crianças responderem, explique que tem gente que gosta de bruxa e até faz festa de halloween, que é a festa das bruxas. Você não vai a festas de halloween, vai? (Deixe que falem, e esclareça que é pecado e perigoso participar de tais coisas. Algumas crianças ficam endemoninhadas nestas festas.) O Papai do céu não gosta dessas coisas. Ele fica triste quando uma criança vai à festa de halloween, porque as bruxas e os bruxos têm espíritos maus, demônios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com