sábado, 11 de dezembro de 2010

O LOUVOR E A ADORAÇÃO NA IGREJA - LIÇÃO 11 PRÉ-ADOLESCENTES

Texto Bíblico: Salmos 149.1-9

“O livro de Salmos é uma coletânea de poesia hebraica inspirada pelo Espírito Santo; descreve a adoração e as experiências  espirituais do povo de Deus  no Antigo Testamento. É a parte mais intima e pessoal deste testamento, pois nos mostra como era o coração dos fiéis naquele tempo, e a sua comunhão com Deus.

Nos livros históricos da Bíblia, Deus fala ao homem, e nos Salmos, o homem fala a Deus.
A alma do crente pode ser comparada a um órgão cujo executor é Deus. Nos salmos, percebe-se como Deus toca todas as emoções da alma piedosa, produzindo cânticos de louvor, confissão, adoração, ações de graças, esperança e instrução” ( Salmos, Adorando a Deus com os Filhos de Israel. p.5, CPAD).

“A música já foi descrita como um som bonito, mas para qualquer pessoa que tenha sido profundamente comovida pelo som, não é nada menos do que uma dádiva da graça. Combinada com palavras e verdades das Escrituras, a música pode tocar o coração com a cura, elevar o espírito com promessas, exaltar a alma com o amor. O fruto da criatividade de um compositor temente a Deus abre-nos um espaço de grande intimidade com o nosso Criador.

As palavras e as verdades da Bíblia são poderosas por si mesmas, embora pareçam assumir uma nova dimensão quando talentosamente combinadas com a música, tornando-se ainda mais vivas e ativas. Pense nos grandes hinos e nas grandes composições clássicas do passado, lembretes esplêndidos e potentes da santidade, majestade e maravilhosa graça de Deus. Como é doce o som! Nem mesmo um rei conseguiu ficar sentado quando magníficos  acordes do coro de  “Aleluia” alcançaram uma platéia pela primeira vez.” (Graça Diária. p.88, CPAD). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com