....................

sábado, 8 de janeiro de 2011

DEUS CRIOU AS ÁGUAS - LIÇÃO 02 MATERNAL




Texto Bíblico Gênesis 1.6-8

De professor para professor

Prezado professor, o objetivo da lição deste domingo é ensinar  as crianças que Deus criou as águas. 

• Faça uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido. 

• A palavra-chave da aula de hoje é “ÁGUA”. Durante o decorrer da aula, diga às crianças que o Papai do céu criou as águas. 

Para refletir

 Em quanto tempo Deus criou o mundo?

Há duas visões básicas sobre os dias da criação: (1) cada dia se constituía literalmente de um período de 24 horas; (2) cada dia representa um período indefinido de tempo (até mesmo milhões de anos).

A Bíblia não especifica a duração desses períodos de tempo. A questão real, no entanto, não é quanto tempo levou, mas como Deus criou. Ele criou a terra de forma sistemática (não criou as plantas antes da luz), e criou homem e mulher como seres únicos, capazes de comunicar-se com Ele. Nenhuma outra parte da criação possui este privilégio. Não importa em quanto tempo Deus fez o mundo, se alguns dias ou alguns bilhões de anos; o importante é que Ele o criou exatamente como desejava (Bíblia Aplicação Pessoal, CPAD).

Regras Práticas para os Professores 

“A faixa etária de zero a seis anos é uma das mais belas, pois está sendo formado o caráter e a personalidade. Ela pode ser dividida em várias sub-faixas, chamadas de Berçário, Maternal, Jardim, Primários, etc., mas estas subdivisões nem sempre são correspondentes aos vários estados do Brasil. 

3 anos

(Continua na próxima semana.)

Aos três anos a criança torna-se mais objetiva: em situação do cotidiano e de impasse, se comporta de maneira mais adequada, apresentando maior objetividade em suas reações e motivos, mesmo que estes não sejam corretos. Assim, pode tornar-se teimosa, difícil de ser convencida que está errada. Na verdade, muitas vezes a criança se opõe aos outros de forma exagerada, sem motivos aparentes, como um simples (e complexo!) mecanismo de diferenciar-se pela oposição. 

Quanto ao afeto e ao sexo é curiosa, gosta de observar e de tocar o corpo dos adultos, e se interessa pelo casamento. Brinca bem com criança de ambos os sexos, embora já perceba as diferenças anatômicas, e começa a se interessar pelos bebês, embora não entenda muito bem como um bebê pode ser gerado no útero materno”. 


Trecho extraído de: Amor e Disciplina Para Criar Filhos Felizes. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com