....................

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

DEUS CRIOU OS PEIXES E AS BALEIAS - LIÇÃO 08 MATERNAL

I. Leitura BíblicaGênesis 1.20-23

II. De professor para professor 

Prezado professor, o objetivo da lição deste domingo é fazer com que a criança compreenda que Deus criou os peixes e as baleias. 

• Faça uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido. 

• As palavras-chave da aula de hoje são “PEIXES E BALEIAS”. Durante o decorrer da aula diga às crianças que o Papai do Céu criou os peixes e as baleias.

III. Para refletir

• Professor, planeje e conduza a sua aula de maneira que seus alunos sintam-se acolhidos, com liberdade para fazerem as perguntas que desejarem. Tenha certeza de que a sua ministração esteja atingindo suas mentes e seus corações. Jamais ignore qualquer atitude que sinalize que os objetivos possam não ser alcançados. Pois o tema em questão é essencial para a formação de uma criança convicta de sua fé no Criador.
Nossa responsabilidade é grandiosa, porém temos um Deus Todo-Poderoso que fará uma obra completa nas mentes e nos corações de nossos alunos. 

IV. Conversando com a tia

A capacidade de praticar a empatia é uma das virtudes mais abençoadas que pode ter o professor da Escola Dominical, pois através dela, ele pode realmente compreender muito melhor os seus alunos, colocando-se no lugar deles, sempre que for necessário.

O professor que desenvolve a capacidade de empatizar-se com seus alunos pode facilmente sentir o universo individual de cada um deles, passando a compreender suas virtudes e dificuldades muito melhor. 

Isso o tornará mais tolerante e amoroso e renderá, sem dúvida, muitos dividendos traduzidos em carinho e afeição, por parte deles. 
Não foi por acaso que, na parábola de Jesus, o sacerdote e o levita passaram longe daquele homem ferido por salteadores, na estrada de Jericó (Lucas 10.3-37). Eles eram egoísta demais para praticar a empatia. O samaritano, porém, “... vendo-o, moveu-se de íntima compaixão” (Lc 10.33), isto é, sentiu a aceitação de extrema necessidade daquele homem, empatizou-se com ele, e lhe deu toda a ajuda necessária.

O professor que aprendeu a praticar a empatia com seus alunos, também é capaz de “mover-se de íntima compaixão” pela necessidade que eles têm de aprender os preciosos ensinamentos da Palavra de Deus. Uma aula ministrada de maneira empática será uma aula sensivelmente melhor conduzida.

Todo o ser humano possui uma necessidade básica de ser compreendido. Essa necessidade de compreensão, em função das próprias circunstâncias que envolvem o processo de ensino, é evidente no que diz respeito à relação professor- aluno.

Suprir essa necessidade e efetivamente melhorar essa relação é responsabilidade do professor. Isso ele só conseguirá se praticar a empatia.
AYRES. Antonio Tadeu. Como tornar o ensino eficaz. Rio de Janeiro, Ed. CPAD. 

IV. Sugestões 

Depois da história bíblica reúna as crianças em círculo. Mostre novamente os visuais e ressalte que Deus criou os peixes e as baleias. Pergunte se alguma criança sabe o nome de algum peixe. Depois, peça que as crianças dêem as mãos. De mãos dadas, ore com a turma agradecendo a Deus pelo belo mundo que Ele criou. 

Tenha uma boa aula e que Deus o abençoe.

Sugestões de atividade:

Nessa faixa etária as crianças gostam bastante de pintura a dedo,pois favorece o tato através da percepção da textura da tinta e também auxilia a coordenação motora.Segue uma atividade que você poderá imprimir para seus alunos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com