sábado, 12 de fevereiro de 2011

VOCÊ ESTÁ PODENDO? - LIÇÃO 07 ADOLESCENTES


Texto Bíblico: Eclesiastes 5.10-20; 1 Timóteo 6.7-10

Prezado professor, nesta semana vamos estudar acerca do dinheiro e dos bens materiais. Até que ponto isso afeta a nossa comunhão com Deus?
Acerca do texto de Mateus 19.16-22, leia com atenção o que o comentário da Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal afirma acerca dos bens materiais:
    
Ao responder à pergunta do jovem sobre como alcançar a vida eterna, Jesus lhe disse que devia obedecer aos Dez Mandamentos de Deus. Em seguida, Jesus relacionou seis deles, todos referentes ao relacionamento com os semelhantes. Quando o jovem respondeu que havia obedecido a todos os mandamentos, Jesus observou que ainda restava algo a fazer: vender tudo o que tinha e distribuir aos pobres. Essa afirmação de Jesus foi suficiente para expor a fraqueza desse homem. Na verdade, a riqueza era o seu deus, seu ídolo, ele não desistiria dela. Dessa forma, o homem transgrediu o primeiro e maior dos mandamentos. (Ex 20.3;Mt 22. 36-40).

Será que os cristãos devem vender tudo o que possuem? Não. Somos responsáveis por suprir nossas necessidades e as necessidades da nossa família, a fim de não nos tornarmos um peso para os outros. Entretanto, devemos estar dispostos a desistir de tudo se assim Deus pedir. Esse tipo de atitude impede que qualquer coisa se interponha entre nós e Deus e que usemos de forma egoísta a riqueza que dEle recebemos. 
Não podemos amar a Deus com todo o coração e ao mesmo tempo guardar nossa riqueza apenas para nós. Amá-lo totalmente significa usar nossos bens de uma forma que lhe seja agradável.

A impossibilidade de um camelo passar pelo fundo de uma agulha representa o grau de dificuldade de uma pessoa rica entrar no Reino dos céus. Entretanto, Jesus disse que ‘a Deus tudo é possível’(Mt 19.26). O que vale é a fé em cristo, e não a confiança em si mesmo ou nas riquezas. Em que você está confiando para alcançar a salvação? 

Não podemos servir a dois senhores: A Deus e a Mamon (o deus das riquezas e da preocupação terrena). Devemos adorar a Deus com a nossa mente e coração devotados somente a Ele. 

Desenvolva com diligência esse tema em sua classe e Deus a abençoará. Tenha uma boa aula e até a próxima! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com