quinta-feira, 21 de julho de 2011

PAPAI DO CÉU ME DÁ CORAGEM - LIÇÃO 04 MATERNAL

Versículo ilustrado:
 Palavra-chave:


Texto Bíblico Juízes 4.1-16

De professor para professor

Prezado professor, neste domingo as crianças terão a oportunidade de aprender que Deus nos dá coragem.

•    Recapitule a lição anterior. Pergunte o que elas aprenderam.

•    A palavra-chave que trabalharemos neste domingo é “Coragem”. No decorrer da aula repita a frase: “Papai do céu me dá coragem”.


I – Para refletir

No exército de Israel, o fator determinante nunca foi a ordem de batalha, mas sempre a fé de seus líderes. Em uma era feia e maligna, Débora convocou a nação para sua missão. Por quarenta anos o povo prosperou sob sua liderança. Num momento decisivo, diante da gigantesca vantagem militar de Sísera, Débora conduziu seus compatriotas a vitória – pela oração, por palavras de encorajamento e por sua presença. No final, seu adversário perdeu o exército, a vida e a honra.

Que canção você canta? Débora tomou o sol da manhã como símbolo da força de Deus. Brilhante demais para uma visão direta, mas seu calor e luz evidentes em todo lugar. Ela encontrou uma canção que encorajou sua fé e deu à nação. 

Extraído do livro: 365 Lições de Vida Extraídas de Personagens da Bíblia, editado pela CPAD.

II– Regras prática para professores

Compartilhar, esse conceito não é fácil de encontrar dentro das habilidades cognitivas das crianças da classe do maternal. Para algumas crianças compartilhar significa: tenho que entregar meu lápis, ele tem que me dar o que eu quero ou simplesmente nada. Compartilhar envolve perceber o mundo sob um ponto de vista diferente. As crianças desta faixa etária estão aprendendo ver o mundo do seu ponto de vista, a separar o mundo de si mesmas e a interagir com o ambiente. Mais tarde poderão aprender a compartilhar.

Professor as crianças do maternal podem aprender a esperar a sua vez, elas são capazes de compreender que se esperar um pouco, sua vez chegará. Elas também podem aprender a ver o prazer que o seu colega sente quando chega a vez dele e isto já é um passo em direção ao dividir. 

Texto baseado no livro: Como Ensinar Crianças do Maternal, editado pela CPAD

III – Atividades

“Broche”
Material: Cartolina verde claro, fita adesiva, caneta hidrográfica e tesoura.
Reproduza a figura do escudo contida na revista de mestre na cartolina. Faça uma cópia para cada aluno. Recorte-o e depois escreva o versículo do dia, com auxílio da fita adesiva cole atrás do escudo e prenda na roupa da criança. Peça para eles repetirem o versículo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com