quinta-feira, 8 de setembro de 2011

PAPAI DO CÉU FALA COMIGO - LIÇÃO 11 MATERNAL



Texto Bíblico: Atos 16.1-3; 2Timóteo 1.3-5;3.14,15

 I - De professor para professor

Prezado professor, neste domingo as crianças aprenderão que o Papai do céu fala conosco.

•    Recapitule a lição anterior. Pergunte o que elas aprenderam.

•    A palavra-chave que trabalharemos neste domingo é “Bíblia”. No decorrer da aula, repita a frase: “Papai do céu fala comigo”.

II – Para refletir

A Palavra de Deus, revelada pelo Espírito Santo nas páginas da Bíblia Sagrada, merece todo o nosso amor e atenção na devoção diária. Se o Cristão passar um dia sem ler pelo uma porção da Bíblia, poderá ser comparado a uma pessoa que passa um dia sem beber água. Não morre, mas sente fala do precioso líquido.

O Salmista proclamou uma das mais cristalinas verdades bíblicas: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz para o meu caminho” ( Sl 119.105). Na caminhada diária, o crente precisa de luz. São tantos os desafios, armadilhas e imprevistos na vida do cristão, que ele precisa ter a orientação segura para os seus passos. A Bíblia é a “lâmpada” que não se apaga, mesmo diante a mais severa tempestade. É luz para o caminhar de todos os que têm como seu guia de fé e prática. 

Texto extraído do livro: Aprendendo Diariamente com Cristo,CPAD
    
III – Regras prática para professores

As crianças devem, desde o início, saber que a Bíblia é a Palavra de Deus.  Ela é fundamental no relacionamento deles com Deus. É o único livro inspirado diretamente por Deus.

As crianças precisam saber que a Palavra de Deus é verdadeira, não é simplesmente um livro de histórias como os outros. Os eventos descritos na Bíblia realmente aconteceram – exceto as parábolas – e as pessoas da Bíblia são reais. 

Texto extraído do Livro:
 Ensine Sobre Deus Às Crianças, CPAD

IV – Sugestão 

Você vai precisar de cartolina preta, branca, cola branca, lápis de cor, papel laminado dourado.
Procedimento:

1º Passo
Corte quadrados 12x12 na cartolina preta. Na cartolina branca corte quadrados de 9x9.

2º Passo
Cole a cartolinas uma sobre a outra.

3º Passo 
Recorte tiras de papel laminado dourado, de 1,5cm  e cole em volta da cartolina preta.

4º Passo 
Dobre os retângulos ao meio (Parecendo um livro).

5º Passo 
Distribua os livros para as crianças e pergunte qual é a história bíblica que eles mais gostam de ouvir. Depois peça para ilustrarem essa história na “Bíblia” que receberam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita.Deixe aqui o seu comentário e responderemos assim que possível.

ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL

Os missionários escoceses Robert (1809/1888) e Sara Kalley (1825/1907) são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não era grande; apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florecesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Congregacional no Brasil.

Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu – segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra.

Houve, sim, reuniões de Escola Dominical antes de 1855, no Rio de Janeiro, porém, em caráter interno e no idioma inglês, entre os membros da comunidade americana.

Fonte:ensinodominical.wordpress.com